Vamos Falar de Ventilador!

Um pouco do que você precisa saber sobre ventilador.

 

Depois do leque, o ventilador é a forma mais antiga de disfarçar o calor. Em 1880 nasce o primeiro modelo e como a única referência era o tradicional Leque foi criado um de leques presos por uma haste, que se moviam de acordo com as roldanas. Já em 1882 nasce o primeiro ventilador de mesa pelas mãos do americano Schuyler Skaats Wheeler, parado em uma só direção e com duas lâminas.

Desde os menores portáteis até os gigantes comerciais, o ventilador é a opção mais prática e mais barata para refrescar ambientes e fazer com que o ar circule.

Hoje em dia existem várias formas de ventilação e basicamente cinco tipos de ventiladores: Teto, parede, mesa, coluna/torre e circulador de ar. A vantagem de cada um varia conforme a necessidade.

vent-teto

Teto: Estes são normalmente os mais eficientes, possuem duas ou mais hélices e são fixos no teto. Indicados para locais de médio e grande porte, eles espalham o ar de forma uniforme e com um alcance maior. Sua principal função é diminuir a temperatura do ambiente, mas ao inverter a rotação e usá-lo como exaustor, ele é capaz também de aquecer o ar. Sua dimensão varia entre 95 e 139 cm de diâmetro, potência média: 150W.

vent-de-parede

Parede: Esses ventiladores são mais usados em ambientes comerciais. São fixados em paredes ou colunas. Eles são capazes de atingir uma área de até 20m², pois suas pás são maiores e geralmente possuem mais opções de velocidade. Geralmente esse tipo de ventilador oscila (gira), é regulável e pode ser usado na horizontal ou vertical. As dimensões variam muito, os mais comercializados ficam entre 40 e 60 cm, potência média: 135W.

vent-mesa

Mesa: Esse tipo de ventilador é ideal para ambientes pequenos onde não seja necessária muita ventilação. Eles possuem uma potência mais baixa e podem ser usados no chão ou em cima de uma mesa. Os tamanhos variam geralmente entre 20 e 50 cm de circunferência,  potência média: 55W.

vent-pedestal

Coluna/Torre/Pedestal: Esse é o tipo mais moderno de ventilador. Eles normalmente têm mais funções e mais opções de velocidade. Porém, não são os mais eficientes, a maioria deles produz menos vento que os de mesa, por isso são indicados para ambientes pequenos. Geralmente variam entre 40 e 60 cm,  potência média: 80W.

vent-circ-ar

Circulador de ar: Esse é o tipo mais comum e mais vendido. Eles são capazes de distribuir o ar mais uniformemente, pois sua principal função é fazer com que o ar circule. O que o diferencia dos ventiladores é a forma com que ele espalha o ar, o ventilador concentra o ar em um único sentido, enquanto o circulador, distribui em várias direções. Também entre 40 e 60 cm,  Potência média: 150 a 200W.

Vale lembrar que quanto maior a potência, maior será o consumo de energia.

Ventiladores quanto a sua classificação

Além dos tipos, os ventiladores também podem ser divididos por classe: Comercial, fixo e oscilante.

Os comerciais possuem uma potência maior e são mais resistentes, para serem usados constantemente em ambientes comerciais.

Os fixos são utilizados para uma ventilação localizada em ambientes médios ou grandes. Sua durabilidade é maior por trabalhar “parado”.

Os oscilantes são indicados para ambientes pequenos pois seu alcance é menor. Eles giram para distribuir melhor o ar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clássico, moderno ou rústico?
Encontre entre mais de 10.000 itens que você procura.